sommelier-teresa-gomes-1

Desde 1997 estou inteiramente ligada ao mundo dos vinhos, com o Curso de Sommelier realizado na Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril em 2001, tenho desde 2004 um actividade profissional independente como Sommelier.

Nasci em Sintra, onde continuo a viver, mas o meu trabalho leva-me um pouco por todo o país.

Ao contrário de outros colegas que são Sommeliers no sentido clássico, isto é, trabalham num restaurante, eu acredito que um Sommelier pode (e deve) levar os seus conhecimentos a uma maior audiência, tornando-se assim sobretudo num Wine Educator.

Por isso, eu criei em 2004 um conjunto de serviços de vinhos – Wine Solutions, realizáveis em vários cenários e para clientes distintos: turismo e corporate (Serviços); particulares (Enofilo).

Desde a formação de vinhos a profissionais de restauração e a enofilos à realização/auditoria a cartas de vinhos, acções promocionais em lojas e feiras, a eventos no segmento do turismo e corporate, sempre à volta de uma, ou mais garrafas de vinho, são os meus dias passados, provavelmente já nos vimos por aí…

Nos meus tempos livres adoro ser turista no meu país e redescobrir Sintra ou Lisboa caminhando. Marcar presença em eventos multiculturais, de preferência em locais insólitos ou secretos. Uma paragem para comer, obviamente faz sempre parte de qualquer um dos meus programas, e claro, conhecer novos vinhos! Para equilibrar tudo isto, muito exercício físico, de preferência pedalar.

Talvez um pouco por isto tudo, em 2016 iniciei os passeios a pé – Sommelier’s City Tours, vocacionados para todos os amantes de vinho e comida, pois acredito que podemos viajar por Portugal conhecendo gentes e costumes, terra e clima, cores e sabores, enfim um mundo de sensações numa língua universal ao alcance da nossa mão e tudo dentro de um simples copo de vinho.

Venha daí comigo!

O QUE É UM SOMMELIER?

Em Portugal, o equivalente a Sommelier* é Escanção. De forma tradicional, é o Empregado de Mesa (homem) vocacionado para fazer o serviço de vinhos no restaurante, não havendo por isso a versão feminina do nome da profissão. Mas hoje, cada vez mais, dizer que se é Sommelier/Escanção, ouve-se da boca de homens e mulheres que frequentaram os cursos promovidos pelas escolas do Turismo de Portugal e que podem, além do restaurante,  exercer outras actividades profissionais no sector do vinho, como vende-los, produzi-los ou ainda em hotelaria, serem Cozinheiros ou até Empregados de Bar. Afinal o vinho é assim mesmo, quem lhe resiste?

Sommelier 1 do início do século XX, variante do françês “sommerier , sommier”, pessoa encarregue das provisões, que, por transportar as pipas de vinho, acabou sendo incumbido de provar seu conteúdo antes que este fosse servido aos Reis e nobres, para evitar tentativas de envenenamentos; 2 empregado de vinhos num restaurante, hotel ou outro estabelecimento, que supervisiona as encomendas, a cave e faz serviço de vinhos; 3 julga/prova vinhos e dá sugestões em ocasião própria.

*Embora exista, a forma feminina – Sommelière, não é comum ser usada, por isso adoptei a forma usual no masculino.